As fases do sono

06/01/2017 | 18:06   

Para alguns ele é curto, para outros ele chega a ser interminável e eterno, sendo assim o assunto predileto de muitas pessoas. Há algumas que gostariam de ter maior intimidade com ele, mas não podem devido a rotina acelerada, já outras tem intimidade com o mesmo até perder de vista. Tem ainda aquelas que podem aproveitá-lo um pouquinho mais, mas preferem por limites. É, estamos falando do nosso sono.

Será que você sabe que o nosso sono passa por cinco fases? Que uma delas é que produz os sonhos? Não? Então vem comigo que te conto melhor quais são elas e o que acontece em cada uma.

O ciclo do sono possui 5 estágios, sendo eles: 1, 2, 3, 4 e R.E.M, cada pessoa vai passando gradativamente por esses estágios, tendo o ciclo reiniciado a cada 90 ou 110 minutos. Quando escurece, o cérebro começa a liberar um hormônio chamado melatonina, hormônio esse que causa a sensação de sonolência. Então, quando chega a hora de dormir nosso cérebro dá início ao ciclo do sono, começando pelo estágio 1.


Os cinco estágios do sono.

No estágio 1

Também conhecido como período de transição (onde por momentos você está acordado e outros dormindo); A melatonina é liberada, caracterizando a fase do adormecer, que dura normalmente 15 minutos, ocupando de 3 a 5% do ciclo. Nesse estágio a respiração começa a ficar mais suave, os movimentos do corpo desaceleram e por isso ocorrem alguns espasmos musculares, outra característica deste estágio são aquelas sensações repentinas de queda ou outras situações nas quais você acorda no susto. Nessa fase você é acordado com mais facilidade, chegando muitas vezes a negar que estava dormindo.

No estágio 2

Os ritmos cardíaco e respiratório diminuem, os músculos relaxam e a temperatura corporal começa a baixar, as ondas cerebrais ficam mais lentas e o movimento dos olhos param. Nesse estágio as ondas cerebrais tornam-se mais alongadas, podendo ser afetadas por uma repentina atividade elétrica do cérebro. Essa fase ocupa 45% do ciclo, o que corresponde de 20 a 25 minutos. É conhecida como fase de conexão, por ser um sono leve, mas que se alguém levantar sua pálpebra, você não acordará porque os olhos já não respondem a estímulos.

No estágio 3

O corpo começa a entrar no sono profundo, o corpo funciona mais lentamente, o metabolismo cai, a respiração fica mais leve e o coração bate mais devagar, as ondas cerebrais mais lentas (chamadas de delta) são combinadas com ondas mais rápidas. Essa é uma fase rápida, ocupa de 4 a 6% do ciclo. Durante este estágio, fica muito difícil acordar alguém. Quando acordado, você pode sentir-se fraco e desorientado por vários minutos antes de recobrar plena consciência do que está acontecendo perto de você e também de suas ações.

No estágio 4

O cérebro trabalha unicamente com as ondas delta (mais lentas); é nessa fase que o corpo se recupera do cansaço diário por estar totalmente relaxado, e é onde começa a ser liberado os hormônios ligados ao crescimento e também os hormônios responsáveis por recuperar células e órgãos. Essa fase dura cerca de 55 minutos, não mais que 20% da noite; você fica totalmente inconsciente que nem uma tempestade poderá acordá-lo. Geralmente pessoas que tem problemas de insônia não conseguem passar do estágio 1, e as pessoas com má qualidade de sono raramente completam o ciclo com o sono REM.

No estágio 5

Conhecido como fase R.E.M {(Rapid Eye Moviment) que em português significa movimento rápido dos olhos.}; Quando você entra em sono REM, sua respiração torna-se rápida, irregular e superficial, seus olhos se movem rapidamente e seus músculos se tornam imóveis, a frequência cardíaca e pressão arterial aumentam. Começa a cerca de 70 a 90 minutos depois de adormecer. A atividade cerebral está a pleno vapor e desencadeia o processo de formação dos sonhos. Ocupa cerca de 20% do ciclo, é o momento em que o cérebro faz uma espécie de faxina geral na memória e fixa as informações importantes obtidas durante o dia e descarta os dados inúteis. Durante o REM os músculos longos do tronco, os braços e as pernas estão paralisados, mas os dedos das mãos e dos pés podem contrair-se. É Nessa fase do sono os homens podem apresentar ereções porque o organismo libera testosterona. O fluxo sanguíneo em direção ao cérebro aumenta e a respiração fica mais rápida e entrecortada, algumas pessoas sofrem descargas de adrenalina que são decorrentes dos pesadelos.

Nos estágios 1, 2 e 3 o organismo economiza energia, restaura células e tecidos, aumenta massa muscular. Nos estágios 4 e 5 o organismo libera hormônios de crescimento e restauração e consolida memorias e aprendizados do dia.


Ondas cerebrais em cada estágio do sono.

Esses ciclos se repetem durante a noite, e quando uma pessoa acorda no meio da noite para ir ao banheiro (por exemplo), o ciclo pode voltar ao estágio 1 ou seguir aleatoriamente os mesmos. Segundo o especialista em medicina do sono Sérgio Tufik “As pessoas só se lembram do sonho quando acordam sonhando – por isso,  em estudos sobre sonhos, elas são despertadas na fase REM. Um indivíduo normal sonha de quatro a cinco vezes por noite.”


Repetições de ciclos.


Tipos de ondas cerebrais.

 

E aí, você sabia?

 

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
Você sabia? por Jaynne Gabrielle

Jaynne Gabrielle

É acadêmica de Geografia pela Universidade Federal de Alagoas. Pretende trazer para esta coluna assuntos curiosos que envolvem a riqueza da biodiversidade, além de explorar questões referentes aos mistérios do planeta terra e até mesmo do espaço sideral. A coluna de Gabrielle é o espaço certo para instigar os amantes das ciências naturais.
São Luiz Net

Curta no Facebook