Operação Lei Seca divulga balanço das ações no carnaval 2018

A Operação contou com a participação de 18 policiais militares escalados por dia

Publicada em 14/02/2018 às 17:24 - Atualizada em 14/02/2018 17:32
AlaNorte Notícias com assessoria
  
Este ano, as equipes aplicaram 823 testes de “bafômetro” em uma margem de aproximadamente 800 veículos abordados (Foto: Divulgação) Este ano, as equipes aplicaram 823 testes de “bafômetro” em uma margem de aproximadamente 800 veículos abordados (Foto: Divulgação)

A Operação Lei Seca, formada por equipes do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran) em conjunto com os agentes do Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran-AL), ampliou as ações de fiscalização e conscientização durante o Carnaval de 2018. Entre a tarde do dia 10 de fevereiro e a madrugada desta quarta-feira (14), 796 motoristas foram abordados, sendo 142 multados, em todo o Estado.
 
A Operação contou com a participação de 18 policiais militares escalados por dia, distribuídos em turnos de doze horas, com o apoio de nove viaturas e uma van tipo PAC Móvel. Na ocasião, os índices de alcoolemia foram aferidos por meio de etilômetros (bafômetros).
 
Atendendo aos carnavais de Maceió, Marechal Deodoro (Praia do Francês); Jequiá da Praia; Coruripe (Pontal do Coruripe), Maragogi, Murici, São José da Lage, Barra de Santo Antônio e São Miguel dos Milagres, a ‘Lei Seca’ registrou, no total, 142 autos de infrações, 19,3% a mais em relação ao mesmo período do ano de 2017. Foram recolhidas seis carteiras de habilitação e 229 condutores flagrados dirigindo sem CNH, fato bastante preocupante.
 
Este ano, as equipes aplicaram 823 testes de “bafômetro” em uma margem de aproximadamente 800 veículos abordados, cuja ação contou ainda com o importante apoio da equipe de inteligência do Detran. Dentre os condutores convidados a realizarem o teste, 27 foram autuados por recusa simples – não apresentavam indícios claros de embriaguez e negaram submeter-se ao teste do etilômetro; outros 12 condutores submetidos ao teste do etilômetro apresentaram leitura entre 0,05 e 0,33 mg/l, ensejando a aplicação de medidas administrativas (art. 165 do CTB), enquanto oito foram flagrados com índice de alcoolemia acima de 0,33 mg/l, sendo conduzidos à delegacia por crime de trânsito, conforme art. 306, do CTB.
 
Ainda segundo os dados apresentados pelo coordenador da Operação da Lei Seca em Alagoas, capitão Emanuel Costa, “os dados revelam que a Polícia Militar intensificou as fiscalizações no período festivo para evitar que a mistura entre álcool e direção pusesse em risco a vida dos usuários das vias de trânsito urbanas”, declarou o oficial.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
Ciclo Peças
JBuarque