Detran-AL alerta para cuidados no trânsito durante o carnaval

Ações ocorrerão em vários pontos do Estado, visando salvar vidas e promovendo a mudança de comportamento dos condutores

Publicada em 08/02/2018 às 11:23
Agência Alagoas
  
Detran-AL tem promovido a mudança de comportamentos dos motoristas alagoanos com as operações da Lei Seca I Foto: Ascom Detran-AL tem promovido a mudança de comportamentos dos motoristas alagoanos com as operações da Lei Seca I Foto: Ascom

Para garantir a tranquilidade dos condutores de veículos automotores e dos pedestres não só durante o carnaval como no período de pós-carnaval, o Departamento Estadual de Trânsito de Alagoas (Detran/AL), por meio da operação Lei Seca, irá atuar de forma intensificada no combate às infrações e imprudências no trânsito, principalmente por ser um período de grande consumo de álcool.

As ações que ocorrerão em vários pontos do Estado visando salvar vidas, promovendo a mudança de comportamentos dos alagoanos e garantindo a fluidez no trânsito da capital e das estradas alagoanas, também contará com atividades de conscientização durante as abordagens sobre os riscos e a responsabilidade da vida do condutor e a do próximo.

"A conscientização é a base para um trânsito seguro. Nós não proibimos a bebida, nem a diversão. Não permitimos é que o condutor consuma bebidas alcoólicas e depois vá dirigir. A blitz não está lá para constranger o cidadão e sim para salvar vidas. Esta é a nossa principal missão", afirma o coordenador da Lei Seca Alagoas, tenente Emanuel Costa.

O art. 165 do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) diz que dirigir sob a influência de álcool ou de qualquer outra substância psicoativa que determine dependência é considerado infração gravíssima. Além da multa de R$ 2934,70 e apreensão da carteira de habilitação, a infração pode ocasionar ao condutor a perda do direito de dirigir por 12 meses e em caso de reincidência neste período, a multa é aplicada em dobro. 

Cuidados no trânsito

Ações simples, como utilizar o cinto de segurança, são capazes de garantir uma viagem tranquila. Outras ações como o respeito às sinalizações de trânsito, inspeções veiculares e atenção ao realizar ultrapassagens são essenciais.  O chefe de segurança de trânsito do Detran/AL, Antonio Monteiro, atenta para o uso de equipamentos obrigatórios em todos os passageiros.

“É corriqueiro ocorrerem negligências, principalmente com os passageiros do banco de trás. Os cintos de segurança às vezes não estão visíveis, dificultando a utilização. É de suma importância ir ao banco trás, deixá-los aparentes e de fácil acesso, pois o risco não é só para quem não está utilizando, mas também para aqueles do banco dianteiro, em caso de uma colisão”, reforça Monteiro.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
Ciclo Peças
JBuarque