Catedral de Maceió recebe Concerto de Natal do Coro e Orquestra da Ufal

Músicas levam o clima natalino para o público

Publicada em 28/12/2017 às 10:19
Thiago Aquino I Comunicação Arquidiocese de Maceió
  
Fotos Carlos Roberto / Pascom Arquidiocese de Maceió Fotos Carlos Roberto / Pascom Arquidiocese de Maceió

A Catedral Metropolitana Nossa Senhora Senhora dos Prazeres, no Centro de Maceió, recebeu o Concerto de Natal nesta quarta-feira (20). Pela 15ª vez, o Coro da Universidade Federal de Alagoas (Corufal) e a Orquestra Sinfônica Universitária (Osufal) emocionaram o público com música barroca clássica e natalina tradicional.

Para o cônego Severino Fernando, administrador da catedral, o Concerto de Natal chega para animar a fé e a incentivar momentos culturais. “É uma satisfação oferecer ao público o espaço cultural, não apenas religioso, para este momento em preparação para o Natal. É um reavivamento da fé, da esperança e da alegria na sociedade. Uma riqueza”, definiu o sacerdote.

A regente Débora Borges, que participou dos ensaios com o coro desde outubro, explica que o público vivencia momentos de nostalgia e entra para o clima natalino. "A gente é remetido para a época dos príncipes e princesas, período do estilo barroco, e tem a oportunidade de apreciar uma sonoridade com várias vozes acontecendo ao mesmo tempo. É um momento muito gostoso porque a gente começa a lembrar de várias partes de nossa história, lá na infância", enfatizou.

Segundo Débora, o ambiente ajuda para o envolvimento do público com a música: "A apresentação na Catedral favorece para que os instrumentos soem de uma maneira muito diferenciada do teatro e, ela ter aberto as portas, foi crucial para que a gente pudesse ter esse momento com tanta qualidade".

Dividido em três partes, o Concerto de Natal também conta com a participação do Coro Infantojuvenil do Colégio Madalena Sofia. Para quem não conferiu a apresentação, ela estará no Teatro Deodoro nesta quinta-feira (21) a partir das 19h.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net