Prefeitura de Maragogi busca a aquisição do Selo Unicef

O selo já gerou resultados importantes nos municípios participantes em diversas áreas de políticas públicas

Publicada em 20/12/2017 às 14:30
Esmerino de Lima - Estagiário* | AlaNorte Notícias com assessoria
  
Palestrante Wellington Vasconcelos (Foto: Divulgação) Palestrante Wellington Vasconcelos (Foto: Divulgação)

Uma reunião foi realizada no auditório da Secretária Municipal de Educação na manhã dessa terça-feira (19), em Maragogi, Litoral Norte de Alagoas, para explanação das ações necessessárias para aquisição do Selo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) que na ocasião o município foi considerado apto para participar da edição 2017-2020.

O selo é uma iniciativa do Unicef voltada à redução das desigualdades e à garantia dos direitos das crianças e adolescentes previstos na Convenção sobre os Direitos da Criança no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

 Realizado em parceria com os municípios do Semiárido e da Amazônia, o Selo Unicef busca contribuir com o fortalecimento das políticas públicas direcionadas à infância e à adolescência, com o desenvolvimento das capacidades dos gestores municipais e com o estímulo à mobilização social e a participação dos adolescentes.

Ao longo de sua trajetória, a metodologia do selo já gerou resultados importantes nos municípios participantes em diversas áreas de políticas públicas, incluindo educação, saúde e assistência social.

O encontro foi promovido pela articuladora no município, a vice-prefeita Isabella Laranjeiras. “Cada Secretaria confeccionará seu plano de ação”, explicou Isabella enquanto fazia uma apresentação da metodologia adotada pelo Selo. “Depois juntaremos todos e faremos uma junção, transformando num só plano”.

O Selo UNICEF busca contribuir diretamente com os seguintes objetivos: Erradicação da pobreza – Saúde e bem-estar – Educação de qualidade – Igualdade de gênero – Redução das desigualdades – Paz, justiça e instituições fortes – Parcerias em prol das metas.

O prefeito Sérgio Lira falou da importância do Selo para o município e disse que Maragogi já atende a algumas normas. “Instituí a Coordenação da Juventude exatamente para provocar boas ações entre os adolescentes. E os jovens da Coordenação têm cumprido muito bem sua função”.

Por isso a escolha do nome de um jovem para mobilizador, pois ele tem papel primordial para a conquista do Selo. O mobilizador de adolescentes e jovens é um agente público que ficará responsável por apoiar os integrantes do núcleo de Cidadania dos Adolescentes, articulando suas ações com as diversas instituições no município que desenvolvam atividades na área da adolescência, identificando, mobilizando e estimulando adolescentes para a criação de núcleos onde esta iniciativa ainda não tenha sido desenvolvida, além de dialogar com as redes, movimentos e grupos de adolescentes e jovens do município.

A reunião contou com as presenças do mobilizador dos jovens e adolescentes, Netinho Lyra; do prefeito Sérgio Lira; além de outros membros da comissão municipal (representantes da Secretarias de Educação, Assistência Social e Saúde); da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); e do palestrante Welington Vasconcelos.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net

Curta no Facebook