Arquidiocese de Maceió sedia abertura do Ano do Laicato do Regional Nordeste II

Encontro reuniu representação das 21 Dioceses do Regional NE2

Publicada em 01/12/2017 às 13:49
Suzana Lima I Comunicação Arquidiocese de Maceió
  
Fotos: Comunicação / Arquidiocese de Maceió Fotos: Comunicação / Arquidiocese de Maceió

Na manhã do último sábado (25), a Arquidiocese de Maceió recebeu as Dioceses que compõem o Regional Nordeste 2 para abertura do Ano Nacional do Laicato. O evento aconteceu no ginásio do Colégio Marista de Maceió, no bairro do Farol.

Foram momentos cheios de atividades, com a apresentação das delegações das dioceses que compõem o Regional, homenagem a Nossa Senhora, apresentação da mesa, reflexões sobre a atuação do leigo na vida do mundo e a animação do evento foi do Musical Ozanam.

Rejane Gaia, Presidente do Conselho Nacional do Laicato do Brasil - CNLB Regional NE2, falou da importância do cristão leigo e leiga na vida da Igreja e exprimiu o desejo que façamos um ano diferente. "Que este ano desperte em nós o desejo de sermos discípulos e missionários. Viver a nossa missão no coração do mundo, nos diversos ambientes em que estamos inseridos na nossa família, trabalho, na política, em todos os ambientes da sociedade."

Logo após D. Antônio Muniz Fernandes O.Carm., Arcebispo de Maceió e Referencial para o Laicato Regional NE2, comentou da atuação que o leigo deve ter principalmente na política, diante de um cenário de corrupção, e colocou dois questionamentos: “O que estamos fazendo e o que vamos fazer como leigos e leigas na Igreja Católica para que brilhe a luz e vendo as suas boas obras glorifique o pai que está nos céus? Como é que vamos viver o Ano do Laicato dentro de um mando onde o Brasil vai ter que tomar novas decisões?"

Já Laudelino Augusto, assessor da Comissão Episcopal Pastoral para o Laicato na CNBB, veio trazer a reflexão sobre o Hino e a Oração do Ano do Laicato e disse: " Em minhas andanças pelo Brasil tenho ouvido reclamações sobre o Hino ficou muito grande, a oração do Ano do Laicato tá muito grande. Aí a gente explica: Não está muito grande não! Elas estão completas, a oração e o hino, se aprofundar a gente vê toda a teologia do Laicato."

A letra do hino e a oração são extraídos do documento 105 da CNBB, em seu item 10 diz: “O presente documento tem como perspectiva a afirmação dos cristãos leigos e leigas como verdadeiros sujeitos eclesiais”.

Ao final foi celebrada a Santa Missa presidida por D. Antônio que destacou mais uma vez o importante papel do leigo no próximo ano. “Será um momento de grande mudança no país. Você está pronto para ser luz e sal do Brasil?”.

Cada diocese levou para sua região, um estandarte da Sagrada Família para percorrer as paróquias durante o Ano do Laicato.

O Ano do Laicato

O tema que animará a mística do Ano do Laicato é: “Cristãos leigos e leigas, sujeitos na ‘Igreja em saída’, a serviço do Reino” e o lema: “Sal da Terra e Luz do Mundo”, Mt 5,13-14. O Ano do Laicato terá como objetivo geral: “Como Igreja, Povo de Deus, celebrar a presença e a organização dos cristãos leigos e leigas no Brasil; aprofundar a sua identidade, vocação, espiritualidade e missão; e testemunhar Jesus Cristo e seu Reino na sociedade”.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net

Curta no Facebook