Palmeiras anuncia oficialmente a contratação de Lucas Lima

Ex-meia do Santos fechou vínculo de cinco anos com o Verdão

Publicada em 01/12/2017 às 13:07
Globo Esporte
  
Lucas Lima é o novo reforço do Palmeiras para 2018 FOTO: REPRODUÇÃO / TWITTER Lucas Lima é o novo reforço do Palmeiras para 2018 FOTO: REPRODUÇÃO / TWITTER

Lucas Lima é jogador do Palmeiras. O meia deixou o Santos e foi anunciado nesta quinta-feira pelo Verdão. O contrato tem validade por cinco temporadas (até o fim de 2022). Ele será apresentado em janeiro pela diretoria alviverde.

Pouco antes de oficializar o acerto, o Palmeiras fez suspense numa ação comercial nas redes sociais ao mostrar um jogador com os cabelos descoloridos pronto para entrar em campo pelo time. Depois, postou o acerto com o jogador no Twitter. O Palmeiras, aliás, tratou Lucas Lima no anúncio oficial como "reforço de Seleção".

A reunião para praticamente selar a transferência ocorreu na tarde de segunda-feira, na Academia de Futebol, onde se encontraram Neymar da Silva Santos (pai do craque do PSG), o pai de Lucas Lima, Roberto Lima, e o diretor Alexandre Mattos.

Dois dias depois, na quarta, o atleta foi à Vila Belmiro e comunicou ao presidente do Santos, Modesto Roma Júnior, que aceitaria a oferta palmeirense.

Além de um vínculo de cinco anos, padrão firmado nas contratações mais caras do Palmeiras recentemente, Lucas Lima terá direito a luvas, auxílio moradia e uma fatia menor do salário condicionada à produtividade: cada jogo realizado aumentará o valor a receber. A maior parte dos vencimentos mensais será fixa.

Responsável por gerenciar a carreira do jogador, Neymar da Silva Santos e o advogado da NN Consultoria (empresa de Neymar pai), Gustavo Xisto, foram à Academia de Futebol na segunda, com outros representantes do estafe do jogador e Roberto Lima, pai do meia. Depois, eles assistiram ao jogo contra o Botafogo, na Arena (vitória do Verdão).
Trajetória no Santos

Lucas Lima chegou ao Santos em 2014, após se destacar no ano anterior pelo Sport, emprestado pelo Internacional. No Peixe, o meia se firmou rapidamente e logo virou um dos principais jogadores do time. As atuações com a camisa alvinegra renderam sua primeira convocação à seleção brasileira, em 2015, quando Dunga ainda era o treinador. Ele fez 203 jogos com a camisa do Santos, com 19 gols marcados e dois títulos conquistados (Paulistões de 2015 e 2016).

A contratação pelo Santos foi feita com dinheiro do fundo de investimento Doyen. O valor na época foi de R$ 5,5 milhões por 80% dos direitos de Lucas Lima. Os outros 20% estavam divididos entre o empresário Edson Khodor e o clube gaúcho, que mais tarde vendeu essa fatia ao Santos.

Recentemente, o Peixe entrou em acordo com o Doyen, livrando o clube de ter de pagar uma indenização ao fundo pelo fim do vínculo contratual de Lucas Lima.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net