Funcionários de escolas públicas de Maceió denunciam agressões no local de trabalho

Relatos afirmam que bandidos invadem escolas no Benedito Bentes e agridem funcionários de forma física e psicológica.

Publicada em 26/11/2017 às 10:49
G1
  

Trabalhadores da rede municipal de educação denunciaram nesta sexta-feira (24) que estão sendo vítimas de violência dentro de escolas públicas situadas no Benedito Bentes, na parte alta de Maceió.

Os relatos foram feitos ao Sindicato dos Trabalhadores da Educação de Alagoas (Sinteal) durante audiência da categoria. Na ocasião, os funcionários contaram que os atos de violência são comuns em três unidades, sendo elas, a Escola Municipal Heloísa de Gusmão, a Escola Municipal Elza Lira e a Escola Municipal Maria Salete da Silva, todas no bairro Benedito Bentes.

Uma das vítimas relatou que bandidos armados invadem a escola onde trabalha, ameaçam e agridem trabalhadores de forma física e psicológica. “É muito humilhante você levar um tapa na cara fazendo o seu serviço”, disse uma das trabalhadoras ao Sinteal.

Ainda segundo as vítimas, a Semed foi informada e cobrada por diversas vezes, mas não tomou providências.

A presidente do sindicato, Consuelo Correia, afirmou que o Sinteal vai fazer uma moção de apoio aos trabalhadores e afirmou que vai cobrar do serviço público mais segurança. “Esse ambiente adoece. O governo não garante sequer segurança para os profissionais trabalharem”, reclamou Consuelo.

Semed e PM estudam medidas de segurança

A Semed e o comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que cuida do trabalho ostensivo da área, major Palmeira, disseram que as providências estão sendo tomadas.

Segundo os dois órgãos, nessa quinta-feira (23), foi realizada uma reunião com os funcionários das escolas, a PM e a Prefeitura para discutir e encontrar soluções para melhorar a segurança dentro e fora das escolas.

Na reunião foram sugeridas medidas preventivas como o aumento da ronda escolar, patrulhamento permanente nas escolas situadas em regiões mais vulneráveis e reforço de vigilância eletrônica, que serão apresentadas aos diretores das escolas localizadas na região do Benedito Bentes, na próxima segunda-feira.

O major disse também que será apresentado plano intensificado de rondas nas escolas com a participação da Guarda Municipal.

"Ontem, nós nos reunimos com a secretária municipal da educação, alguns diretores, Guarda Municipal, do 5º Batalhão. Haverá uma outra reunião no Benedito Bentes. As medidas estão sendo tomadas. Nós temos um batalhão específico para cuidar de escolas, que é o BPEsc, que faz a segurança nas escolas", afirmou o major.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net