Barra de Santo Antônio e outros municípios são alvos de operação da Polícia Civil

Acusados estão sendo ouvidos no Code e seguem para o Sistema Prisional

Publicada em 14/11/2017 às 08:56
Redação AlaNorte Notícias
  
Code, em Maceió (Foto: Reprodução) Code, em Maceió (Foto: Reprodução)

Uma investigação da Polícia Civil que durou mais de dois meses resultou em mandados de prisão e de busca e apreensão no início desta terça-feira (14), em municípios da região metropolitana e na capital alagoana. Os presos estão sendo levados para o Complexo de Delegacias Especializadas (Code), localizado no bairro de Mangabeiras, em Maceió.

De acordo com a Delegada Ana Luiza Nogueira, a operação acontece nos municípios de Rio Largo, Pilar, Barra de Santo Antônio e Barra de São Miguel. Os detidos são acusados de participação em homicídios ou tentativas de homicídios. Na ação, mais de 100 policiais civis e militares dão apoio.

Ainda de acordo com a delegada, a investigação resultou na prisão de 12 pessoas, até o início da manhã. Os presos, segundo Ana Luiza, têm participação em assassinatos, latrocínios e tentativas de homicídios, sobretudo em casos de repercussão que ocorreram na capital, Pilar e em Rio Largo.

“Ainda há equipes nas ruas, nosso objetivo é reduzir os índices de criminalidade, não só aqui em Maceió, mas em toda Alagoas. Fizemos várias reuniões com as delegacias da capital e metropolitanas com o objetivo de identificar autores de crimes de homicídios recentes”, ressaltou a delegada.

Os suspeitos estão sendo ouvido no Code e seguem para o Sistema Prisional.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net