Feirões apresentam oportunidade para negociação de dívidas em Alagoas

Serasa permite renegociação online; Fecomércio e Caixa terão ponto de atendimento até o próximo dia 10 de novembro

Publicada em 06/11/2017 às 12:28
GazetaWeb
  
Consumidor poderá negociar dívidas de mais de um ano (Foto: Divulgação) Consumidor poderá negociar dívidas de mais de um ano (Foto: Divulgação)

Quem está endividado terá a oportunidade de limpar o nome a partir desta segunda-feira (6), em um feirão promovido pela Serasa. A iniciativa, que acontece até 30 de novembro, permite que os consumidores com débitos em atraso possam rever suas pendências. As renegociações acontecem pela internet.

Os interessados poderão renegociar suas dívidas diretamente com as empresas credoras que estiverem participando. Para isso, é preciso acessar o site do Serasa Consumidor e fazer o cadastro. Também é possível fazer uma consulta gratuita para verificar se há pendências no CPF.

Segundo a Serasa Experian, participam empresas de diversos segmentos, como bancos e financeiras, telefonia, lojas e recuperadoras de crédito. Elas devem oferecer descontos e mudanças nos prazos de pagamento de dívidas atrasadas. A negociação será feita online, por e-mail ou chat, ou telefone. 

Cerca de 320 mil pessoas limparam seus nomes no feirão do ano passado. De acordo com a Serasa, o número de pessoas com contas em atraso cresceu 1,5% em setembro na comparação com o mesmo mês de 2016, passando para 60,5 milhões de consumidores. Somadas, as dívidas dessas pessoas chegam a R$ 267,5 bilhões.

O valor médio devido por cada pessoa inadimplente é de R$ 4.422. A maioria das pendências tem relação com dívidas bancárias e de cartão de crédito.

Fecomércio

Aqui em Alagoas, a Fecomércio e a Caixa Econômica Federal também realizam um mutirão para clientes inadimplentes, ofertando descontos de até 90% para Pessoas Físicas e Jurídicas - sendo maior para quem optar pelo pagamento à vista. O mutirão acontece de 6 a 10 de novembro, das 9h às 16h, no auditório do Senac Poço. 

"Vimos uma oportunidade de facilitar a vida do consumidor, pois as restrições trazem um prejuízo para este. Trata-se de uma excelente oportunidade para quem teve um imprevisto e não pôde honrar suas contas, boa para a Caixa e para o comércio que estará com mais clientes para movimentar a economia local", explicou o presidente da Fecomércio, Wilton Malta.

Para participar é preciso que o consumidor esteja em débito há mais de um ano. O mutirão é direcionado para quem tem dívidas relacionados a cartões de crédito e empréstimos. No que se refere ao financiamento habitacional serão ofertadas condições diferenciadas para quem está com contratos em atraso.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net