Jovens se juntam na comunidade de Tatuamunha para a realização de projeto voltado para as crianças

O evento surgiu desde 2014, e hoje conta com 10 pessoas na equipe

Publicada em 31/10/2017 às 00:27 - Atualizada em 31/10/2017 18:02
Redação | AlaNorte Notícias
  
Crianças da comunidade Tatuamunha (Foto: Carlinhos Monteiro) Crianças da comunidade Tatuamunha (Foto: Carlinhos Monteiro)

Solidariedade e muito amor pelo próximo marcaram a festa das crianças nesse domingo (29), no povoado Tatuamunha, em Porto de Pedras, Litoral Norte de Alagoas. As crianças puderam ter um dia dedicado especialmente a elas, com muitas brincadeiras e guloseimas. Além dos pequenos, os responsáveis também foram presenteados.

O evento surgiu desde 2014, com a ideia do jovem Carlinhos Monteiro e de sua tia Júlia Monteiro, e hoje conta com um total de 10 pessoas na equipe. O tema do projeto este ano foi: “Amigos da criança” que contou com aproximadamente 300 crianças, além dos pais e responsáveis.

De acordo com Carlinhos Monteiro, a vontade de mudar a vida das pessoas sempre foi algo presente em sua vida, de maneira que proporcionasse algo de bom. “Vi que podia ser diferente e fazer a diferença, era só querer, acreditar e buscar, e assim o fiz. Fui em busca de parceiros, de ajuda a partir do meu ciclo de amizades e até mesmo com desconhecidos e tudo aconteceu de forma muito positiva. Ouvi ‘nãos’, mas os ‘sims’ foram mais, tanto que o evento aconteceu”, ressalta.

O projeto levou muita brincadeira, como corrida do saco e colher com limão, dentre outras. A diversão foi garantida. O bumba meu boi se apresentou em desfile pelas ruas com concentração no Projeto Peixe-boi, além do parquinho montado na praça, muita pipoca, pirulitos e entrega de 400 sacolinhas com várias guloseimas para os pequeninos. As mães, pais e responsáveis também participaram de um sorteio de 10 cestas básicas.

Nas competições entre a molecada, os vencedores das provas eram premiados com presentes. De acordo com a organização, todos os recursos vieram de doações. Diante disso, todo mundo pôde sair com algum presente ou, se não venceu uma prova, ganhou a experiência de ter participado.

E não parou por aí. Barraca do arroz doce, mungunzá, 400 cachorros-quentes, geladinhos, pipoca de milho e parque grátis para toda a organização e para os pequenos e responsáveis ficaram disponíveis a tarde toda.

A equipe se organizou e alguns membros estavam caracterizados para dar mais sentido ao tema. O projeto contou com a ajuda de: Karina, Aracy, Juvenal, Linda, Dona Lia da Cooperativa, Rejane e Érica.

 

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
Ciclo Peças
São Luiz Net