Empresários do Litoral Norte relatam terror com assaltos e cobram segurança

Vítimas contam que criminosos armados têm invadido propriedades e subtraído objetos de valor e armas

Publicada em 15/10/2017 às 11:16
Gazeta Web
  
Secretário ouviu relatos dos empresários da Região Norte  FOTO: ASSESSORIA Secretário ouviu relatos dos empresários da Região Norte FOTO: ASSESSORIA

Empresários do setor agropecuarista do Litoral Norte cobram reforço na segurança pública da região. Eles apontam que, de forma sucessiva, os criminosos estão invadido as propriedades, levando terror e medo para as famílias que por lá vivem. 

O pleito foi apresentado pelo empresariado ao secretário de Segurança Pública de Alagoas, coronel Lima Júnior, em reunião esta semana na sede da Federação das Indústrias do Estado de Alagoas (Fiea).

Ao secretário, os empresários relataram que as fazendas de gado estão sendo invadidas e que os criminosos entram nas casas e fogem com objetos de valor e, principalmente, armas. No agronegócio, a segurança é feita por vigias armados, e estas armas são registradas.

Mesmo assim, relataram os empresários, os assaltantes têm levado o pânico aos moradores de fazendas em diversos municípios. Há registros em São Luís do Quitunde, Porto de Pedras, Porto Calvo, Joaquim Gomes e Passo do Camaragibe.

Diante do pleito, o secretário Lima Júnior garantiu que providências serão tomadas, mas pediu que os empresários e a população em geral encaminhem informações à SSP por meio do Disque-Denúncia. Ele disse que o governo já está investindo na segurança da Região Norte, triplicando o número de policiais do Batalhão da Polícia Militar e aumentando o número de viaturas para o policiamento ostensivo.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net