Obras de arte produzidas no sistema prisional são atração neste final de semana

Exposição acontece no final de semana, como parte das ações da Virada Cultural realizada pelo Governo de Alagoas

Publicada em 16/09/2017 às 10:23
Agência Alagoas
  
Matéria prima ganha forma nos presídios de alagoas e encantam apreciadores da arte I Foto: Jorge Santos Matéria prima ganha forma nos presídios de alagoas e encantam apreciadores da arte I Foto: Jorge Santos

Alagoas completa 200 anos de Emancipação Política neste sábado (16). Para comemorar, o Governo do Estado desenvolveu uma série de atividades artísticas e culturais. Como parte das atrações, a Secretaria de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) leva a exposição de artesanato da Fábrica de Esperança para o Estacionamento do Jaraguá nos dias 16 e 17.

O stand será montado em frente ao palco 2, das 13h às 23h no sábado e das 10h às 23h30 no domingo.

A exposição será composta por peças produzidas pelas reeducandas durante as oficinas profissionalizantes ofertadas pela Gerência de Educação, Produção e Laborterapia.

Os convidados poderão adquirir produtos confeccionados em crochê, tenerife, decoupagem, filé, marcenaria artesanal, pintura em tecido e tornearia em madeira. Atualmente, a Fábrica de Esperança conta com sete instrutores responsáveis pelas oficinas.

Em 2016, as custodiadas e os instrutores que trabalham nas oficinas receberam a carteira de artesão fornecida pela Secretaria de Turismo de Alagoas.

Além de exposições, os produtos artesanais são vendidos na avenida Silvio Viana (Rua fechada), Ponta Verde, todos os domingos, das 10h às 14h, e no mercado de artesanato Margarida Gonçalves , Box 09, no Parque Ceci Cunha, das 9h às 19h.
 
Serviço:

Horário: Sábado (16) – 13h às 23h; Domingo (17) – 10h às 23h30
Local: Estacionamento do Jaraguá, em frente ao palco 2.
Mão de obra: Produtos confeccionados por reeducandas

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net