Casa arquiepiscopal é invadida e Dom Antônio Muniz tranquiliza fiéis: "estou bem"

Ação aconteceu na manhã deste sábado (05)

Publicada em 06/08/2017 às 12:07
Arquidiocese de Maceió
  
"Estou bem e tranquilo", disse o arcebispo (Foto: Pascom Maceió)

A Casa Arquiepiscopal de Maceió foi invadida na manhã deste sábado (05). Três homens fortemente armados renderam o arcebispo, o vigia e o diácono Inaldo Pitta, e recolheram objetos pessoais. Apesar do ato de violência, Dom Antônio Muniz informou que não sofreu agressões físicas e garante “estar tranquilo”.

“Fiquei sob mira de uma arma, mas os assaltantes não agrediram fisicamente ninguém. Levaram pertences pessoais e o pouco de dinheiro que estava na carteira”, afirmou o arcebispo. “Estou bem e tranquilo. É normal que quem passe por isso fique surpreso, mas graças a Deus não aconteceu nada grave”.

O diácono Inado Pitta informou que aproveitou um momento de distração dos criminosos, se escondeu em um dos cômodos e conseguiu acionar a polícia. “Ele estava me esperando para irmos à Missa na Igreja de São Gonçalo quando ocorreu o assalto”, relatou.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
JBuarque
São Luiz Net