Meias da decisão: Chico é o motor do CRB, e Didira a esperança do CSA

Treinadores dos dois times demoraram para encaixar os armadores. No Galo, até lateral foi improvisado na setor; Azulão teve quatro armadores

Publicada em 04/05/2017 às 23:14
GloboEsporte.com
  
Didira tem 19 jogos na temporada, 11 como titular e fez dois gols (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas) Didira tem 19 jogos na temporada, 11 como titular e fez dois gols (Foto: Ailton Cruz/Gazeta de Alagoas)

Os meias de CRB e CSA foram alvo de críticas durante o Campeonato Alagoano. Nos dois times, os armadores se revezaram na função, mas não convenceram. Chico apareceu bem no lado do Galo, nas últimas rodadas do estadual, e virou o principal o nome no meio. No Azulão, Didira é a alternativa na criação para reverter a desvantagem do primeiro jogo. Está em baixa, mas pode mudar o cenário. Costuma decidir.

Didira tem um histórico de sete finais de Alagoano, sendo seis consecutivas. Pelo ASA, foi campeão duas vezes (2009 e 2011) e foi vice em três oportunidades (2008, 2010 e 2012). Ele recuperou a vaga entre os titulares apenas nas últimas rodadas do hexagonal. Na semifinal, fez o gol da classificação, na vitória por 2 a 1, em Arapiraca.

No lado do CRB, Chico é o motor do time. Os três gols, nos últimos quatro jogos, consolidaram o jogador entre os titulares. O técnico Léo Condé tem escalado o meia pela esquerda para dar alternativa de velocidade ao time. No domingo, Chico deve ser bem explorado para aproveitar os contra-ataques.

Pela continuidade

Dois meias, que devem ser titulares no domingo, têm na decisão a oportunidade de provar a importância para o time para a sequência da temporada. No CSA, Daniel Costa foi a principal contratação, ainda não rendeu o esperado e chegou a ficar entre os reservas na primeira partida da semifinal. Ele tem 17 jogos no ano, dois gols e duas assistências.

No CRB, Danilo Pires deve voltar a ser titular. Ele chegou com a responsabilidade de dividir a armação do time com Sérgio Mota. O começo foi animador. Logo na estreia, no clássico contra o rival, fez um gol e iniciou a jogada do segundo. Ele não manteve o rtimo e perdeu a vaga entre os titulares para o lateral Edson Ratinho, que passou a jogar improvisado no meio.

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
Ciclo Peças
JBuarque