Bloco "Nêga Fulô" arrasta multidão no Carnaval do Bicentenário na Ponta Verde

Agremiação foi atração no segundo dia de carnaval em Maceió

Publicada em 28/02/2017 às 01:23
Agência Alagoas
  
Nêga Fulô atraiu mais de 500 pessoas na orla de Ponta Verde no carnaval do Bicentenário de Alagoas nesse domingo I Foto: Neno Canuto Nêga Fulô atraiu mais de 500 pessoas na orla de Ponta Verde no carnaval do Bicentenário de Alagoas nesse domingo I Foto: Neno Canuto

O bloco carnavalesco Nêga Fulô desfilou com muita animação neste domingo (26) pela orla de Ponta Verde, homenageando o "Carnaval do Bicentenário", no segundo dia de folia na capital alagoana.
 
O evento foi conduzido pela orquestra de frevo W & K, de Marechal Deodoro, que tem 20 integrantes. De acordo com o idealizador do bloco, Carlito Lima, o intuito da criação da agremiação, que nesta edição desfila pelo segundo ano, foi fazer um resgate do carnaval de rua de Maceió.
 
"É uma injustiça afirmar que Maceió é apenas uma cidade de prévias. Nós também temos uma programação bacana durante o carnaval e as pessoas vêm prestigiar", disse Lima.
 
De acordo com o produtor cultural, o evento, que atraiu aproximadamente 500 pessoas no ano passado, este ano trouxe até turistas que vieram conhecer Maceió.

"Este é o segundo ano de desfile e estamos muito satisfeitos com a repercussão do bloco. Já estamos com uma boa adesão em Maceió", completa.
 
Lima observou também que o público do "Nêga Fulô" é de pessoas acima de 50 anos. Para o casal de aposentados Cristina e Abynadá Lyro, a opção de pular carnaval em Maceió é mais viável.
 
"Carnaval é festa do povo, é para brincar na rua. Por isso, preferimos ficar na nossa terra nesta época e aproveitarmos a programação daqui", disse Cristina.
 
Homenagem

Além de homenagear os 200 anos de Alagoas, o bloco Nêga Fulô também celebrou o maestro póstumo Manuel Tenório de Moura, mais conhecido como Manezinho. O carnavalesco foi fundador, em 1940, do Bloco Carnavalesco Sai da Frente, proveniente do bairro do Prado. Graças ao empenho de Manezinho, seu bloco de frevo detêm 32 títulos de campeão do carnaval de rua de Maceió, o maior número de títulos até hoje.
 
Edberto Ticianelli, diretor da Liga dos Blocos e coordenador do Jaraguá Folia também foi o outro homenageado do "Nêga Fulô". Para Ticianelli, a ação foi um grande reconhecimento.
 
"Estou muito feliz em ser homenageado nesta festa. Promover eventos culturais ainda é algo sacrificante, então receber uma homenagem hoje é um reconhecimento muito grande por tanta dedicação", destacou Ticianelli.
 
O Nêga Fulô atraiu mais de 500 pessoas na orla de Ponta Verde e contou com a presença maciça da Polícia Militar de Alagoas (PM-AL).

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
São Luiz Net
JBuarque