Seguindo a voz do amor

Vou caminhando mesmo no escuro e em meio às sombras...

01/05/2017 | 23:49   


Imagem: Ilustração/Internet 

Sem repostas o vento leva minhas perguntas
Sem reservas vou juntando aos poucos o que me restou
Sufocado pelo grito de medo no escuro e no frio
Vou retomando, aos poucos, a pequena coragem que era minha

Lentamente e sem jeito vou voltando ao lugar do amor
E sem entender por que tudo mudou, entristeço
Refaço em mim as razões de amar
E mesmo desnorteado vou caminhando
Ouvindo apenas a voz do amor

Vou caminhando mesmo nos tropeços e quedas
Vou caminhando mesmo no escuro e em meio às sombras
Mesmo no vazio das perguntas sem respostas
Vou seguindo a voz do amor...
Por que essa voz faz o meu coração arder como em chamas.

Autor: Anobelino Martins
Protegido por direitos autorais

Siga o Blog do Anobelino no instagram: @anobelinomartins

O conteúdo dos comentários abaixo é de responsabilidade de seus autores e não representa a opinião deste portal.
Blog do Anobelino por Anobelino Martins

Anobelino Martins

É um escritor quitundense. Atualmente faz Filosofia na Universidade Federal de Alagoas (UFAL). É professor, poeta, compositor, desenhista e palestrante.
São Luiz Net

Curta no Facebook